O que é

O registro do Windows é onde o Windows guarda seus “segredos”: praticamente tudo que você faz no Windows tem um valor no registro. Por exemplo, suas configurações de pasta, do Internet Explorer e do Outlook Express. O registro é tipo um “banco de dados” onde o Windows guarda várias informações sobre o sistema e aplicativos.

Este documento só cobrirá o que você precisa saber para ler os outros documentos que dependem do regedit, um programa incluído no Windows para manipular o registro.

Rodando o Regedit

Para rodar o regedit, o editor do registro, siga esses passos:

  1. Clique em Iniciar -> Executar
  2. Digite regedit na caixa de texto
  3. Clique em OK

Entendendo o necessário

Agora você vai ver uma tela onde no lado esquerdo você vê uma árvore de pastas como o explorer do Windows. No lado direito você vai ver o conteúdo das “pastas”.

As pastas pai são:

  • HKEY_CLASSES_ROOT
  • HKEY_CURRENT_USER
  • HKEY_LOCAL_MACHINE
  • HKEY_USERS
  • HKEY_CURRENT_CONFIG
  • HKEY_DYN_DATA

Essas pastas pai podem ser abreviadas. Por exemplo, HKLM significará HKEY_LOCAL_MACHINE enquanto HKCU será HKEY_CURRENT_USER.

Entenda também que “pasta” na verdade é uma chave e que o conteúdo das pastas são as propriedades com os seus
valores.

Entendendo os caminhos

Se alguém lhe der o caminho:

[HKLMSoftwareMicrosoftWindowsCurrentVersionRun]
prop

Você deve abrir o HKEY_LOCAL_MACHINE, então a pasta Software, Microsoft, Windows, CurrentVersion e então a pasta Run. O prop se trata de uma das propriedades que vão aparecer no lado direito.

Se um tutorial lhe pedir para deletar a chave dita acima, você deletaria a propriedade de nome “prop” no painel direito enquanto você está na pasta (ou chave) Run. Você pode fazer isso clicando com o botão direito e então Excluir.

Você também pode dar um duplo clique nas propriedades para modificar o seu valor.

Fazendo Backup do Registro

Backup é uma Cópia de Segurança. Se algo der errado, você pode recuperar essa cópia para que tudo volte ao normal.

Para fazer isso, abra o regedit e clique em
Registro -> Exportar Arquivo do Registro. Marque a caixa
Tudo. Escolha um nome para o arquivo (igual como você faria para um arquivo do bloco de notas ou Microsoft Word) e clica em Salvar. Pode levar alguns minutos para terminar tudo.

Recuperando o backup

Para recuperar o backup criado, clique em Registro -> Importar Arquivo do Registro e selecione o arquivo criado anteriormente. Só faça isso se realmente houve um problema com o registro!

A importância do registro

O registro é uma das partes cruciais do Windows. Se você modifcar propriedades colocando nelas valores incorretos você pode fazer com que o seu Windows não inicie corretamente.

Portanto, tome cuidado ao fazer qualquer modificação no Registro do Windows. Na dúvida, faça sempre uma cópia de segurança.

Anúncios

Escrito por Altieres Rohr

Jornalista e tradutor. Editor dos sites Linha Defensiva e Garagem 42 e colunista de Segurança Digital no portal G1 da Rede Globo.