Nesta Página

Depois da Limpeza

Depois que você finalizou a limpeza marcando as entradas no HijackThis, é importante que você utilize anti-spywares como Ad-Aware para limpar os arquivos restantes. Antivírus online, como o Housecall, podem ser úteis também.

É importante também desativar e reativar a Restauração do Sistema. Ao desativá-la, você apagará todos os arquivos que ela salvou dos trojans que infectaram o seu sistema. Quando você reativar, ela estará limpa e pronta para funcionar, sem fazer com que o seu antivírus encontre trojans na pasta System Volume Information.

Eu Odeio Listas Brancas

O HijackThis possui uma opção via linha de comando chamada “Eu Odeio Listas Brancas”. O HijackThis esconde diversas entradas que ele sabe que são seguras usando uma “lista branca”. Isso diminui o tamanho do log e facilita a sua análise.

Se você abrir o HijackThis por meio de uma linha de comando (usando a opção Executar, por exemplo) e adicionar, ao final, o comando /ihatewhitelists , essas entradas protegidas pela “lista branca” serão exibidas. Todas as entradas a mais exibidas quando essa opção está ativa são seguras e não devem ser marcadas.

Essa opção só foi listada aqui para que o HijackThis Completo seja mesmo completo, mas não há qualquer razão para usá-la.

Conclusão

O HijackThis, por ser um programa poderoso, torna-se também complexo e perigoso. Tenha muito cuidado ao utilizar o HijackThis para apagar coisas que você não sabe. Se precisar de ajuda, você poderá tirar suas dúvidas em nosso fórum.

Para utilizar o HijackThis com toda a sua capacidade é necessário conhecimento sobre as últimas pragas que circulam pela Internet, saber como elas funcionam e como as mesmas fazem para permanecer no sistema. Sabendo isso, você pode usar o HijackThis para eliminar a infecção de forma simples e rápida.

O HijackThis não é, de qualquer forma, substituto para os anti-spywares. Ele é capaz de acabar com a infecção ativa no sistema, mas não é capaz de limpar as dezenas de arquivos que as pragas criam enquanto fazem o seu trabalho sujo.

Infelizmente, mesmo com esse tutorial, identificar as infecções pode ser um trabalho complicado. Continue estudando!

Escrito por Altieres Rohr

Jornalista e tradutor. Editor dos sites Linha Defensiva e Garagem 42 e colunista de Segurança Digital no portal G1 da Rede Globo.