Um erro no arquivo de definição do Microsoft Anti-Spyware faz com que o Norton Anti-Virus seja detectado como um cavalo-de-tróia que rouba senhas de banco — PSW-Bancos.A. Se o usuário confirmar a remoção do “PSW-Bancos”, partes do Norton Anti-Virus serão removidas do sistema.

Depois que o Microsoft Anti-Spyware remover as entradas detectadas incorretamente, o Norton Anti-Virus será corrompido e não poderá mais ser iniciado e, em alguns casos, nem desinstalado. O fórum de ajuda da Microsoft está recebendo novos tópicos relacionados com o problema, tanto de usuários domésticos como empresas.

De acordo com os posts no fórum da Microsoft, a atualização 5807 corrige o problema. Entretanto, devido a um bug no código de atualização no Microsoft Anti-Spyware, a atualização pode não ser instalada de forma correta em alguns casos.

Se você é usuário do Microsoft Anti-Spyware e ele detectar o “PSW-Bancos” em seu sistema, tome cuidado, pois pode se tratar de um falso-positivo que poderá deixar o sistema com uma instalação corrompida do Norton Anti-Virus.

É importante lembrar que o programa Anti-Spyware da Microsoft ainda está em versão Beta, ou seja, não é um programa destinado a usuários sem conhecimento técnico. Se você é usuário do programa é recomendado que você verifique tudo que ele mandar você apagar para ter certeza que softwares legítimos não estão sendo detectados incorretamente.

Anúncios

Escrito por Altieres Rohr

Jornalista e tradutor. Editor dos sites Linha Defensiva e Garagem 42 e colunista de Segurança Digital no portal G1 da Rede Globo.

2 Comments

  1. O grande problema hoje em dia é justamente pessoas achando que o Microsoft Anti Spyware é um software pronto para usar. Muitas pessoas não sabem o que significa BETa ou então instalao programa sem saber que é BETA.

    É um dos melhores anti-spywares, e nunca havia visto uma falha deste tamanho, mas errando é que se aprende.

    Curtir

  2. Mais o Microsoft Windows Defender será bem melhor que o Microsoft Anti-spywares

    Curtir

Comentários encerrados.