A companhia israelense Blue Security, que foi atacada por spammers no início do mês de uma forma tão violenta que derrubou as redes da Six Apart e Tucows, fechou o seu website e operações nessa quarta-feira (17/05). Em uma entrevista à Wired News, Eran Reshef, CEO da Blue Security, disse que a briga com spammers poderia derrubar grandes sites da web e que ele não queria ser responsável por isso.

O método anti-spam desenvolvido pela Blue Security se baseava em um programa chamado Blue Frog que enviava pedidos automatizados ao site do spammer, requisitando a remoção do endereço de e-mail da lista. Alguns especialistas da indústria anti-spam não concordavam com o método, já que os usuários do Blue Frog podiam gerar muito tráfego desnecessário na rede e inclusive saturar a banda de alguns servidores devido ao enorme número de pedidos.

Os spammers deviam usar um programa criado pela Blue Security para remover os mais de 500 mil endereços de usuários do Blue Frog de suas listas para que seus clientes (os sites anunciados nos e-mails indesejados) não fossem alvo dos pedidos de remoção dos usuários do Blue Frog. De acordo com a Blue Security, 6 dos 10 maiores spammers haviam retirado os endereços de e-mail dos membros da Blue Security de suas listas. Um spammer conhecido como “PharmaMaster”, no entanto, teria respondido com um ataque à companhia.

O ataque derrubou a Blue Security e outros milhares de sites. Membros da Blue Security também começaram a receber e-mails dos spammers, que ameaçavam aumentar a quantidade de spam em suas caixas de entrada.

Em um tópico no fórum de spammers “SpecialHam”, diversos spammers expressavam sua raiva contra a Blue Security enquanto organizavam um ataque combinado, que a companhia israelense não pôde suportar e acabou fazendo com que ela cessasse suas atividades.

Anúncios

Escrito por Altieres Rohr

Jornalista e tradutor. Editor dos sites Linha Defensiva e Garagem 42 e colunista de Segurança Digital no portal G1 da Rede Globo.

1 comentário

  1. Kaiser Santos 29/05/2006 às 18:32

    Ingenuidade!!
    Creio que o provedor de e-mail possui ferramentas que podem contornar os problemas de sapmmers, como a pasta de e-mails em massa do yahoo, a identificação de contatos do hotmail e ig entre tantos. De resto, olho aberto para downloads; anti-vírus, firewal e antispyware neles!

    Curtir

Os comentários estão encerrados.