A Microsoft anunciou que vai utilizar o sistema do Windows Update (e, portanto, as atualizações automáticas) para “ajudar” os usuários que querem migrar para a nova versão de seu navegador, Internet Explorer 7, que deve estar disponível até o fim de 2006.

A Fundação Mozilla, desenvolvedora do navegador open-source Mozilla Firefox, acabou de lançar a versão 1.5.0.5 de seu navegador e cliente de e-mail, corrigindo falhas críticas de segurança.

Quando a Microsoft lançar a versão final do IE7, ele será oferecido como atualização crítica de segurança, o que significa que qualquer pessoa com as atualizações automáticas ativadas receberá o navegador sem precisar explicitamente baixá-lo.

Caso o usuário não esteja com as atualizações automáticas ligada, basta ir ao site do windowsupdate.com e fazer a atualização. A atualização não será instalada sem a aprovação do usuário, o que significa que antes de instalar aparecerá uma tela com as opções “Instalar”, “Não Instalar” e “Perguntar Depois”, deixando assim a decisão por conta do usuário. Somente usuários que o possuem uma cópia original do Windows XP vão poder obter o Internet Explorer 7.

A Microsoft usou uma tática parecida para empurrar o “WGA Notification”, que enfureceu diversos usuários no mundo todo — tanto piratas quanto usuários legítimos classificados de forma incorreta. Entretanto, o Internet Explorer 7 pode realmente ser considerado um patch de segurança, já que novos bugs são encontrados em todo momento no Internet Explorer 6, que foi lançado em 2001.

Anúncios

Escrito por Dohko

1 comentário

  1. Nada mais que justo a MS distribuir o novo IE 7 via Windows Update, visto que seu navegador é um dos mais explorados por exploits, virus e hackers. Com certeza haverá um pouco mais de segurança no uso do seu navegador.

    Curtir

Os comentários estão encerrados.