A empresa de consultoria em segurança Secunia lançou na última quarta-feira (6/12) o Software Inspector. O programa, que roda no navegador, é capaz de detectar versões desatualizadas e inseguras dos programas instalados, além de verificar a necessidade da instalação de atualizações da Microsoft.

Visite a página do Software Inspector »

Entre os aplicativos verificados pelo Software Inspector estão navegadores (Opera, Firefox, Internet Explorer), tocadores de vídeo e música (Winamp, RealPlayer, QuickTime, Windows Media Player) e comunicadores instantâneos (Yahoo! Messenger, MSN, AIM, Skype). O Windows Update, da Microsoft, é utilizado para verificar a necessidade de patches de segurança no sistema.

Programas populares são sempre os mais visados. Se uma brecha for encontrada em um programa comum, o número de possíveis vítimas é muito maior. O Software Inspector tenta informar o usuário sobre a presença de versões antigas (e inseguras) dos aplicativos que estão instalados no computador.

Manter o sistema e os programas atualizados é de extrema importância para se obter mais segurança — tão importante quanto um antivírus ou qualquer ferramenta de proteção. Isso porque as vulnerabilidades presentes nos softwares são usadas sempre que possível por criadores de vírus para que eles consigam infectar a máquina e os antivírus nem sempre conseguem detectar tentativas de infecção feitas dessa maneira.

A Microsoft também disponibiliza uma ferramenta semelhante chamada Microsoft Baseline Security Analyzer (MBSA) que analisa a necessidade de patches no sistema e sugere mudanças em configurações possivelmente inseguras.

Anúncios

Escrito por Altieres Rohr

Jornalista e tradutor. Editor dos sites Linha Defensiva e Garagem 42 e colunista de Segurança Digital no portal G1 da Rede Globo.

One Comment

  1. O software é interessante. O problema é que a cada verificação ele aponta um numero diferente de vulnerabilidades.

    Curtir

Comentários encerrados.