Enquanto 20 vulnerabilidades foram corrigidas por 12 patches em fevereiro, março será a calmaria antes da tempestade. Nenhuma brecha será corrigida este mês, mas a empresa de Bill Gates está trabalhando para corrigir falhas no Windows Vista, Publisher e Internet Explorer 7, que não ficaram prontas para serem lançadas nesta terça-feira (13/03), dia em que as correções mensais eram esperadas.

Certamente não faltam falhas para a Microsoft corrigir. O site Internet Storm Center, do Instituto SANS, mantém uma lista atualizada de falhas sem correção, onde atualmente constam 9 brechas. O site afirma que muitas das falhas são de baixa gravidade, mas ainda há uma falha crítica e quatro “Importantes”.

A Microsoft afirma que existem patches de segurança em desenvolvimento, mas que o extenso trabalho de controle de qualidade e testes necessários antes do lançamento tornaram impossível a disponibilização das correções este mês.

A empresa irá disponibilizar na terça apenas uma nova versão do Microsoft Windows Malicious Software Removal Tool (MSRT) e 6 atualizações não relacionadas com segurança, sendo 2 para o Windows Update e para o Software Update Services (SUS) e 4 para o Microsoft Update e para o Windows Server Update Services (WSUS).

A última vez em que um mês passou sem que usuários de produtos da Microsoft tivessem que atualizar seus softwares devido a problemas de segurança foi setembro de 2005.

Anúncios

Escrito por Altieres Rohr

Jornalista e tradutor. Editor dos sites Linha Defensiva e Garagem 42 e colunista de Segurança Digital no portal G1 da Rede Globo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s