Um vídeo na cerimônia de despedida do general israelense Gabi Ashkenazi exaltava duas ações que nas quais o envolvimento do seu país foi polêmico: a criação do vírus Stuxnet, que danificou centrífugas em usinas nucleares no Irã, e um ataque aéreo em uma usina nuclear da Síria. As informações são do jornal “Haaretz”, o mais antigo de Israel.

Leia mais

Anúncios

Escrito por Altieres Rohr

Jornalista e tradutor. Editor dos sites Linha Defensiva e Garagem 42 e colunista de Segurança Digital no portal G1 da Rede Globo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s