Exército instalará antivírus brasileiro AVWare em 60 mil computadores. (Foto: Reprodução)

O Exército brasileiro concluiu duas licitações que somaram quase R$ 6 milhões em investimentos de softwares de segurança da informação. As empresas contempladas são brasileiras: a BluePex, de Campinas (SP), fornecerá licenças do antivírus nacional AVWare, enquanto a Decatron trabalhará com o exército em um “simulador de guerra cibernética”.

Segundo declarações do General Santos Guerra, do  Centro de Comunicações e Guerra Eletrônica do Exército (CCOMGEX), as forças armadas estão buscando especificamente empresas brasileiras para incentivar o desenvolvimento de tecnologias de segurança no país.

O Exército também exigirá que as empresas compartilhem detalhes técnicos, inclusive o código fonte dos softwares, para que a estrutura do exército possa funcionar de maneira independente.

O contrato do simulador, com a Decatron, foi de R$ 5,1 milhões, enquanto 60 mil licenças do AVWare foram adquiridas por R$ 800 mil para 60 mil computadores durante dois anos. O antivírus brasileiro substituirá a solução da fabricante antivírus espanhola Panda, que em 2010 venceu o pregão fornecendo 37,5 mil licenças por R$ 292,5 mil, também por dois anos.

Até o final do ano ainda devem ser adquiridos até quatro outros sistemas de segurança, com funções para detecção de invasão e serviços de perícia.

“Vamos nos defender, mas também nos preparar para o ataque. O Exército é escudo e também espada”, afirmou Santos Guerra à imprensa.

Leia mais

Anúncios

Escrito por Altieres Rohr

Jornalista e tradutor. Editor dos sites Linha Defensiva e Garagem 42 e colunista de Segurança Digital no portal G1 da Rede Globo.

9 Comments

  1. Exércio Exércio Exércio Exércio Exércio Exércio Exércio Exércio Exércio Exércio

    Curtir

    Responder

  2. Bando de bisonho. Em vez de utilizarem Linux como a maioria dos quartéis estão fazendo e economizando uma boa grana, vão gastar dinheiro com licenças pra antivirus, pudendo utilizar esse dinheiro pra outras coisas!

    Curtir

    Responder

  3. Impressionante. Altíssima tecnologia, projetos milionários e o cara que está usando a farda, ou seja, o homem, está relegado à décimo plano, vendendo o almoço pra comprar a janta, já que seus salários são ridículos. Tem algo errado nisso…

    Curtir

    Responder

    1. Todo dinheiro investido em segurança e treinamento não é desperdicio. Nos pucos meses que servi em uma om do eb deu pra te uma idéia da falta de preparo e investimento relacionado a segurança da informação. Ainda bem que existe pessoas preucupadas com isto. Antes tarde do que nunca.
      Agora se eles estão investindo esse dinheiro da melhor maneira é outra questão.

      Curtir

      Responder

  4. Acho isso ridículo, porque não investem esses milhões para combatar o crime na “vida real”? Que é o que o brasileiro mais precisa, o brasil com tantos problemas e esses cara vão gastar milhões a toa, pois o que pra eles é milhões em segurança de software, pros crackers é “centavos para destravá-lo ou quebra a segurança.” Aí esses bilhões vão ter sidos gatos à toa.

    Curtir

    Responder

    1. Não se pode focar os olhares apenas em um problema.

      Curtir

      Responder

  5. Melhor é gastar 1/5 disso em pessoal, e usar Software Livre! O GNU/Linux não precisa de antivírus, dá mais controle ao “dono” do sistema (o Exército), e -no final das contas- custa muito menos!

    Curtir

    Responder

  6. eu era milico e a 3 anos atras todos pcs do meu batalhão era pirata e o anti-virus que era usado era o nod 32 aquele da primeira versão que foi descoberto .

    Curtir

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s