Sede da NSA em Fort Meade (Divulgação)

Sede da NSA em Fort Meade (Divulgação)

A Corte Federal de Apelação dos Estados Unidos do 2º Circuito julgou nesta quinta-feira (7) que o programa de coleta de registros telefônicos (chamadas realizadas e recebidas) da Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos (NSA) é ilegal.

Segundo o tribunal, a lei antiterrorista PATRIOT Act (Ato Patriota) não autorizava a NSA a manter essas informações de cidadãos norte-americanos.

Ao tomar essa decisão, o juiz Gerard Lynch, concedeu uma vitória à American Civil Liberties Union (ACLU), uma ONG norte-americana de defesa dos direitos e liberdades civis. Já o congresso americano fica pressionado a decidir rapidamente se o governo deverá ou não dar um fim ao polêmico programa de espionagem antiterrorismo.

Na prática isso significa dizer que o tribunal, no entanto, não emitirá uma ordem judicial para interromper o programa com o argumento de que a lei irá expirar de qualquer modo no próximo dia 1º de junho. Lynch disse que seria “prudente ceder ao Congresso a possibilidade de decidir qual tipo de vigilância é permitida, dado que os interesses da segurança nacional estão em jogo”.

O governo ainda pode recorrer da decisão, mas isso só deve ser feito se o se o Ato Patriota for renovado. Caso o governo recorra, o processo pode inclusive chegar à Suprema Corte dos Estados Unidos, que terá de decidir se a espionagem fere ou não a Constituição do país.

Anúncios

Escrito por Adan Ribeiro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.