FAQ sobre Estatísticas

Índice

Que estatísticas são essas? Como foram coletadas?

São estatísticas coletadas com base nas infecções encontradas em nosso fórum. Elas refletem a nossa realidade ao remover gratuitamente os malwares encontradas nos computadores dos usuários que pedem ajuda na área Remoção de Malware. Mais de 700 logs são postados todo mês para análise, o que cria um ambiente razoável para a coleta de estatísticas.

Elas são coletadas pelos Assistentes no fórum, de forma manual. Isso significa que as infecções são agrupadas por “Tipo” quando elas não podem ser identificadas. Ou seja, se a infecção possui um serviço, uma entrada no registro e um arquivo na System32, ela será classificada como um “bot”, pois esse conjunto de características é tipico de bots. Algumas das infecções não serão bots, fazendo que as estatísticas sejam infladas para o lado dos bots (nesse exemplo).

Por outro lado, a coleta de forma manual evita que infecções sejam contadas mais de uma vez: alguns P2P worms, por exemplo, criam 40 arquivos no sistema, entretanto é apenas uma infecção. Um antivírus contaria 40 infecções para esse worm, enquanto nós contamos apenas uma, que é mais justo, já que um bot que se espalha via rede, por exemplo, cria apenas um arquivo no sistema. O número de micros comprometidos é o mesmo (apenas um), mas o antivírus contaria 40 infecções para o P2P Worm e apenas 1 para o bot. Existem vantagens da coleta manual, como existem suas desvantagens. Voltar para o índice

Por que coletar estatísticas?

Para nós é importante saber o que atormenta os usuários. Geralmente os casos que chegam ao fórum são de pessoas que já tentaram diversos antivírus e antispywares — ou seja, são infecções mais complicadas de se remover. Por esse motivo, saber quais as infecções que mais estão causando problemas nos ajuda direcionar a criação de novos tutoriais e documentos que detalham a remoção dessas pestes.

Além disso, as estatísticas divulgadas pelas companhias de antivírus são geralmente baseadas nos antivírus empresarias instalados em firewalls e servidores de Internet. Por esse motivo, worms de e-mail sempre vão ficar no topo da lista, o que é uma realidade completamente diferente daquela que temos aqui. Dificilmente um worm de e-mail chegará nesse Top 10 devido a essa diferença na forma da coleta. São duas realidades diferentes, e uma não pode ser comparada com a outra. Voltar para o índice

Qual a data dessas estatísticas?

As estatísticas são baseadas nos últimos 6 ou 7 dias do mês anterior até o dia 25 do mês atual. Dessa forma, as estatísticas de outubro são contadas a partir do dia 25 de setembro até o dia 24 de outubro.

Salvo quando houverem exceções ou problemas na contagem das infecções, as estatísticas devem ser publicadas no dia 27 de cada mês. Voltar para o índice

Por que os nomes das infecções são diferentes daquelas que vejo em sites antivírus?

Os nomes são usados são os nomes “populares” usados no meio da segurança. As empresas antivírus possuem um sério problema para padronizar seus nomes. Com isso, é mais fácil usarmos esses nomes populares e simplificados do que tentar conseguir os nomes exatos de acordo com uma certa companhia antivírus.

As estatísticas são coletadas de forma manual, isto é, criamos a lista baseada no que vemos em um log infectado. Por esse motivo, não é possível saber a variante exata de um certo malware, ou então exatamente qual malware é. Podemos identificar um bot, mas não temos como saber se é um Agobot, SDBot, RBot, etc.

No caso dos worm, não contamos worms separados (Bagle, Netsky, Sober, etc) porque eles são muito parecidos e os casos de infecções por worms de e-mail (em nosso fórum) são raríssimos. Se contássemos cada um separadamente, eles representaríam um número muito insignificannte. Por este motivo, achamos mais conveniente agrupá-los. Voltar para o índice

Outras dúvidas?

Se você tiver outras dúvidas, reclamações ou sugestões, entre em contato.

Anúncios