Invasores aproveitaram-se de uma falha de segurança no SpreadFirefox, site de marketing do browser de código aberto Firefox, para invadí-lo nessa terça-feira (4/10). Por causa do problema, o site deverá ficar fora do ar por mais 10 dias para que seja feita uma checagem de segurança.

Segundo a Fundação Mozilla, desenvolvedora do Firefox, a brecha utilizada localizava-se no TWiki, programa de colaboração online que estava instalado, mas não era usado no website. A invasão afetou somente o SpreadFirefox e não o site oficial da Mozilla.

A Fundação também relata que o mesmo site foi invadido em julho passado, quando foi explorada uma falha no Drupal, programa gerenciador de conteúdo. Para corrigir os problemas, o site poderá ficar fora do ar até 15 de outubro. Durante esse tempo, um aviso na homepage do SpreadFirefox.com informa que os interessados devem procurar um endereço alternativo: o GetFirefox.com.

Escrito por Dohko