A empresa de segurança SecureMac lançou ontem, 19/12, a versão 2.0 do software anti-spyware MacScan. A principal novidade é o suporte ao MacOS X, já que a versão 1.0 funcionava apenas na versão 9 do sistema da Apple. A versão original do programa foi lançada em 2002, sendo o primeiro software do gênero para Macintosh.

De acordo com a SecureMac, o MacScan pode identificar softwares maliciosos como spywares, keyloggers — que capturam as teclas digitadas — e outros cavalos-de-tróia que atacam a plataforma da Apple.

A SecureMac diz que “os usuários de Mac podem ficar tranqüilos vendo os alertas de segurança que falam somente sobre o Windows, mas esse é um falso sentimento de segurança” e reforça que o MacScan é especialmente necessário em ambientes em rede, como escolas e escritórios, onde apenas uma máquina comprometida pode causar um problema para toda a rede.

A Linha Defensiva não conhece nenhum spyware, keylogger ou cavalo-de-tróia que atualmente ataca usuários de MacOS X. A página com a lista de spywares da SecureMac diz que a lista ainda está em fase beta e por isso não foi publicada.

Macs eram alvos comuns de vírus no final dos anos 80 e no início da década de 90, mas após o lançamento do Windows 95 o problema se tornou exclusivo da plataforma da Microsoft, que até hoje recebe milhares de pragas novas todo mês.

Apesar de não haver softwares maliciosos para MacOS X, o MacScan pode ser usado para limpar listas de históricos e tracking cookies, ou seja, para proteger a privacidade do usuário, como faziam os primeiros anti-spywares para Windows.

Anúncios

Escrito por Altieres Rohr

Jornalista e tradutor. Editor dos sites Linha Defensiva e Garagem 42 e colunista de Segurança Digital no portal G1 da Rede Globo.

3 Comments

  1. Prezados amigos: infectei-me com a praga do SpywareStrike. Segui as recomendações dos srs. quanto ao SpyAxe e acabei conseguindo me livrar dele, mas fico na incerteza se fiz a coisa certa. Haveria algum tutorial específico para esse spy? Grande abraço e parabéns pelas informações precisas e preciosas.

    Curtir

  2. SpywareStrike é uma versão remarcada do SpyAxe — os passos para o tutorial devem servir sem problemas para ele. Ainda estamos investigando mais, pois se trata de uma praga bem recente.

    Curtir

  3. Estava com a mesma praga, mas no Windows XP, apos 3 dias pesquisando, consegui eliminar removendo o arquivo “netwrap.dll” da pasta C:WINDOWSSYSTEM32

    Curtir

Comentários encerrados.