A Hotbar.com, empresa que distribui os adwares Hotbar e Shopper Reports, uniu-se com a 180solutions em uma nova empresa que será conhecida simplesmente como “Zango”. Detalhes da fusão não foram revelados, mas acredita-se que a 180solutions tenha desembolsado mais de 52 milhões de dólares para adquirir o portal da Hotbar.

Zango também é o nome do polêmico adware distribuído pela 180solutions, que é instalado ilegalmente no sistema de alguns usuários através do uso de falhas de segurança. A 180solutions culpa seus parceiros e afiliados pelos métodos empregados. O site especializado em spywares e adwares Spyware Warrior tem um artigo chamado ‘180solutions em 365 dias’ que documenta, através de links, as instalações maliciosas e ilegalidades da 180solutions no ano de 2005. O Zango é geralmente distribuído com jogos online “gratuitos”, mas já foi encontrado em ofertas de pornografia infantil e pirataria.

Já a Hotbar é uma empresa que divulga seus softwares utilizando banners da web prometendo ‘emoticons’ e ‘novos smileys’. Como a companhia tem acordos com grandes agências de publicidade, diversos sites na web veiculam os banners da Hotbar, mesmo que não tenham uma parceria direta com a empresa. Os banners levam o usuário a uma página que tenta instalar o Hotbar através de um prompt ActiveX, que requer apenas um clique do usuário para funcionar. O resultado disso é que muitos usuários instalam os softwares da Hotbar sem saber que o fizeram.

Ambos softwares conseguiram uma posição no top 10 de maio, com a Hotbar em 8º lugar e a 180solutions em 10º, o que significa que os programas das duas empresas são encontrados facilmente nos sistemas de vários usuários.

Anúncios

Escrito por Altieres Rohr

Jornalista e tradutor. Editor dos sites Linha Defensiva e Garagem 42 e colunista de Segurança Digital no portal G1 da Rede Globo.

2 Comments

  1. Jorge Galhardo Pires 08/06/2006 às 10:23

    52 milhões, é uma fortuna. Até agora ninguém fez nada contra eles. Isso não é ilegal?

    Curtir

  2. Jorge Galhardo Pires

    Sugiro que dê uma lida no artigo A indústria dos adwares. A maioria faz coisas ilegais sim. A Hotbar, por exemplo, não faz nada de ilegal já que um prompt ActiveX, legalmente, é considerado consenso (“Eu quero instalar este software”), mas, do jeito que ele funciona, ele logicamente não é, já que a maioria dos usuários não consegue saber o que está instalando.

    Já as técnicas ilegais da 180solutions (como a instalação prometendo pornografia infantil) são empregadas por parceiros que distribuem o software. O problema é que essas instalações ilegais são as que mais dão dinheiro pra eles. Resultado: eles evitam ao máximo derrubá-las antes que algum especialista descubra a instalação ilegal e jogue na mídia.

    Recentemente a 180solutions perdeu alguns acordos milionários de publicidade devido às instalações ilegais e eles começaram a pegar mais pesado contra os distribuidores que fazem isso. Mas ainda está longe de ser perfeito. A WhenU, por exemplo, só conseguiu legalizar seus canais de distribuição quando terminou por completo as instalações de terceiros.

    Curtir

Comentários encerrados.