A Enciclopédia Livre Wikipedia foi usada para instalar códigos maliciosos em computadores de internautas que acessaram a página com a história do vírus Blaster. O Blaster se espalhou originalmente em agosto de 2003 e infectou milhares de computadores desatualizados.

De acordo com a empresa de segurança britânica Sophos, o link malicioso era divulgado como se fosse uma suposta proteção contra uma nova versão do vírus Blaster. O link estava presente em um verbete de edição alemã.

Ao clicar no link e executar o vírus, o computador era infectado. A Sophos não divulgou o nível de estrago que a praga causa. Somente visitar o artigo da Wikipedia, sem clicar no link, não causava nenhuma infecção. Administradores da Wikipedia já retiraram o link malicioso do ar.

Os hackers espalharam um e-mail alertando os usuários alemães sobre a “nova praga” divulgada na Wikipedia. Os internautas que acessaram a enciclopédia se depararam com a falsa atualização de segurança e, assim, poderiam cair no golpe. Como a Wikipédia pode ser livremente editada por qualquer pessoa, ataques desse tipo são difíceis de evitar. Nenhuma falha foi explorada no sistema MediaWiki, utilizado pela Wikipedia.

Avisos sobre novos vírus recebidos via e-mail de pessoas que você não conhece sempre merecem ser o alvo de desconfiança. A maioria dos avisos de vírus que chegam via e-mail são boatos (hoaxes) e, nos piores casos, são vírus como esse.

Anúncios

Escrito por Dohko

4 comentários

  1. João Augusto 06/11/2006 às 20:22

    Incrível como um site especializado em Segurança na Internet utiliza o termo Hacker erroneamente para identificar Crackers.

    Curtir

  2. João Augusto

    Se você sabe que hacker não é o termo correto, deve saber também que muitas pessoas mais leigas não sabem o que significa o termo “cracker”. Nosso objetivo é fazer com que o maior número de pessoas entenda o que está sendo passado e que as pessoas mais técnicas entendam porque isso é importante.

    Estamos cientes de que a definição correta de hacker não é essa e temos uma página dedicada a explicar o termo. Temos as informações no site. Quem quiser ler mais saberá qual o significado correto.

    Curtir

  3. Altieres Rohr,

    A questão aqui é que se está se justificando que a desinformação serve para levar a informação, o que é um engano.

    O movimento hacker e underground nada tem a ver com pragas e malware. Pelo contrário, tem a ver com a livre propagação de idéias.

    A Wikipedia é um claro produto da cultura hacker, assim como o Firefox, o Linux e a própria Internet.

    Justificar que a desinformação serve para levar a informação é o mesmo que dizer que os fins justificam os meios e isso é uma idéia claramente cracker.

    Altieres Rohr, sugiro que reveja suas atitudes, já que elas não parecem estar condizentes com seus ideiais e forma de ver a vida, que creio eu, são de liberdade e correção.

    Curtir

  4. Rodrigo

    Sou da parte que crê que a discussão entre hacker e cracker é irrelevante. Usaria o termo “black hats” se mais pessoas soubessem o seu significado.

    Ainda existem pessoas “informadas” que insistem em crer que hacker é cracker, mesmo quando você explica sobre as origens do termo. Essa idéia é especialmente defendida por alguns crackers. Também existem os grupos do hacking ético, que pregam um outro conjunto diferente de critérios para o termo.

    Para a pessoa que simplesmente lê notícias, creio, nada disso é relevante. Para a pessoa que lê nossos alertas, toda essa discussão não fará diferença nenhuma no que ela precisa fazer para se defender.

    Concordo que os fins não justificam os meios, mas às vezes são necessários sacrifícios. Muitas pessoas que nos lêem simplesmente não se importam com o que estamos discutindo. É uma tarefa difícil dizer agora, a pessoas que foram marteladas durante anos com um inimigo “hacker”, que os hackers na verdade são os mocinhos.

    Na maioria do tempo, tentamos utilizar outros termos (nem hacker, nem cracker). A matéria original (antes de ser editada) tinha um termo diferente de hacker, mas que também era incorreto, da sua forma.

    De qualquer forma, agradeço seus comentários e vou considerar seus pontos novamente. É provável que faremos uma enquete aberta no fórum para decidir qual o termo utilizado em futuros artigos.

    Curtir

Os comentários estão encerrados.