na web desde o dia 23, apenas um dia após ser lançada, a nova Chave de Processamento [Processing Key] dos DVDs de alta definição está se espalhando na web rapidamente desde ontem (30/05), quando sua eficiência foi confirmada por um especialista participante do fórum Doom9.

A chave pode ser utilizada não só para a cópia dos filmes em HD-DVD e Blu-Ray, mas também para que entusiastas possam modificá-los e usá-los nos mais variados ambientes. Sistemas Linux, por exemplo, não são capazes de executar os filmes por não possuírem acesso às chaves necessárias para decodificá-los. Com a nova chave de processamento, isto se torna possível. Pessoas que utilizam os sistemas e hardwares não-suportados são as mais incentivadas a encontrar as chaves.

Mas há uma guerra entre quem está tentando encontrar as chaves e a AACS-LA, a organização responsável pelo sistema de segurança usado nos DVDs de alta definição. Isto porque a AACS-LA previu que as chaves seriam encontradas e adicionou ao seu sistema de segurança uma função que permite que as chaves que caírem na web sejam revogadas e inutilizadas.

Depois que a primeira chave de processamentou vazou, a AACS-LA criou uma nova chave para ser utilizadas em lançamentos futuros. Esta é a chave que vazou no dia 23. A Chave de Processamento é a chave mais genérica e facilitadora para quem quiser decodificar os filmes, sendo necessária apenas uma informação além dela, o ID de Volume, que é único para cada disco e pode ser facilmente obtido.

O vazamento da primeira Chave de Processamento tornou-se notável quando usuários do popular site Digg revoltaram-se contra sua administração, que apagava qualquer artigo que mencionava a chave. Mesmo enviando ameaças de processo para vários sites, a AACS-LA não conseguiu parar o vazamento da chave, que foi publicado até em um blog da conceituada revista Wired.

A AACS-LA ainda pode tentar revogar a nova chave que vazou, como fez com a anterior.

AACS e CSS

O sistema de proteção que codifica os filmes de alta definição chama-se Advanced Access Content System, ou AACS. Além de dificultar a criação de cópias, ele garante que somente empresas autorizadas fabriquem aparelhos e softwares capazes de reproduzir os discos. A AACS-LA, a organização que desenvolveu e mantém o sistema, é formada por empresas como Microsoft, Intel, IBM, Walt Disney, Sony e Toshiba.

Os DVDs comuns possuem um sistema semelhante, o Content Scramble System, ou CSS. O CSS não permite que uma chave seja desativada. Quando a primeira chave do sistema vazou, de um aparelho de DVD da Xing Technology, o sistema havia sido completamente quebrado.

Anúncios

Escrito por Altieres Rohr

Jornalista e tradutor. Editor dos sites Linha Defensiva e Garagem 42 e colunista de Segurança Digital no portal G1 da Rede Globo.

1 comentário

  1. É por essas e outras que o nosso velho DVD vai continuar firme e forte por muitos e muitos anos.
    Se não der para copiar ninguém vai adotar.
    Ainda bem que quem manda é o conumidor.

    Curtir

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s