Uma das dúvidas mais comuns de usuários de Live Messenger, comunicador instantâneo da Microsoft, é como descobrir quem lhes “bloqueou” em seu cliente. A informação não é exibida pelo cliente oficial, e sites na Internet apareceram afirmando que conseguem descobrir quem bloqueou quem. Para informar isto, os sites pedem o login do passport e a senha. Mas a informação de bloqueio não pode ser obtida com o login do usuário bloqueado, apenas por aquele que o bloqueou, e a informação exibida pelos sites pode ser obtida sem o auxílio de ferramentas adicionais.

Atenção

Jamais digite a senha de um serviço (como o MSN) em um site que não seja o do prestador do serviço em questão.

Um representante do serviço de suporte no Live Messenger informou à Linha Defensiva que não poderia revelar informações detalhadas sobre como o sistema de bloqueio do programa funciona. Mas disse que não é possível que um usuário saiba que foi bloqueado: “Você não pode determinar se um contato o bloqueou no Messenger”, disse. Ele apenas informou o que a grande maioria dos usuários do Live Messenger já sabe: “Se um contato na sua lista de contatos estiver sempre offline, mesmo quando ele poderia estar online, é provável que ele o tenha bloqueado”.

Sean Egan, líder de desenvolvimento do comunicador instantâneo open source Pidgin, concordou com a Microsoft, mas fez um comentário adicional: “Não há como saber se alguém lhe bloqueou. Só há uma maneira de saber quem tem você na lista ou não”.

Quando um internauta digita suas informações de login em um website, aquele website pode armazenar em um banco de dados quais os usuários que ele bloqueou. A única maneira dos sites descobrirem quem bloqueou quem seria cruzando as listas de bloqueio e contatos de todos os usuários, o que significaria que os sites estariam no mínimo ferindo a privacidade de seus usuários. Mas o que se observa é que eles exibem apenas a informação de quem lhe apagou da lista de contatos — algo que pode pode ser obtido no cliente oficial, tornando os sites um risco desnecessário.

Determinando quem tem você na lista de contatos

Embora não exista uma maneira de descobrir quem lhe bloqueou, há uma maneira de descobrir quem lhe apagou. O Pidgin, mencionado acima, exibe esta informação diretamente na lista de contatos. No cliente oficial, você precisa acessar as opções de privacidade clicando em Ferramentas » Opções e selecionando o item Privacidade.

Ali haverão duas colunas. Estas duas listas são mantidas pelo Messenger além da sua lista de contatos. Uma refere-se às pessoas que podem entrar em contato com você (a da esquerda) e na outra coluna estão as pessoas que você bloqueou. Mesmo que uma pessoa não esteja mais em sua lista de contatos, ela ainda ficará em uma destas listas para que o Messenger saiba se deve entregar ou não as mensagens que ela lhe enviar.

Clicando com o botão direito em um dos itens da lista, você verá algumas opções (veja figura). Se a opção Excluir estiver disponível, é sinal de que a pessoa lhe apagou da lista de contatos. Caso a opção não esteja disponível, a pessoa ainda tem você na lista de contatos dela.

O Live Messenger precisa saber se vai permitir ou bloquear as mensagens que chegam até você. Se alguma pessoa lhe enviar uma mensagem, o servidor do Messenger utilizará essas duas listas (do item Privacidade) para determinar se a mensagem será entregue ou bloqueada. Enquanto o usuário tiver você na lista dele, a rede entende que mensagens poderão chegar e portanto não irá permitir que você o apague das listas, necessitando que você decida se vai permitir ou negar mensagens vindas dele. É por isso que a opção Excluir só ficará disponível quando aquela pessoa remover você da lista de contatos.

Alternativamente, você pode clicar em Exibir e ver uma lista com todas as pessoas que lhe tem em suas listas de contatos. Se alguém não estiver ali, ele não o tem mais na lista. Note que alguém ainda pode lhe bloquear e manter na lista, ou lhe apagar e não bloquear. O (Bloqueado) que aparecerá em alguns contatos desta lista refere-se a quem você bloqueou e não a quem bloqueou você.

Anúncios

Escrito por Altieres Rohr

Jornalista e tradutor. Editor dos sites Linha Defensiva e Garagem 42 e colunista de Segurança Digital no portal G1 da Rede Globo.

8 Comments

  1. marcelo morais 08/08/2007 às 12:45

    Uma maneira prática e simples de saber quem o bloqueou é utilizando o programa aMSN (um clone do MSN), que vem instalado em diversas distribuições Linux, e também conta com uma versão para Windows. é freeware e em português. No programa, observe a sua lista de contatos, os que estiverem marcados com um “x” em vermelho, pode ter certeza que aquele mui amigo(a) te bloqueou.

    Curtir

    Responder

  2. marcelo morais

    O aMSN marca apenas quem lhe apagou, como informa a matéria. O mesmo ocorre com o Pidgin, cujo desenvolvedor foi consultado para esta matéria.

    Curtir

    Responder

  3. Acho que o MessengerDiscovery Live indica quem tem bloqueou apenas . Ao abrir no MSN vá em Contacs , no símbolo do plugin e ai clique na aba “all” > O que estiver como offline te bloqueou . Mas com as dicas deste artigo , pode-se ver quem apenas te bloqueou . Acredito .

    Curtir

    Responder

  4. usem o aMsn disponivel em vários sites de downloads que é moleza saber quem lhe apagou ou bloqueou!

    Curtir

    Responder

  5. Sou leiga e não conheço nenhum programa que permita saber quem o bloqueou no MSN. Porém, descobri por acaso que a opção “adicionar um apelido” ao contato, pode nos mostrar quem nos bloqueia.
    1 – renomeie seu contato, coloque apelido carinhoso, ou qq outro.
    2 – exclua este contato> feche a janela> volte a abri-la e aparecerá o nome que a pessoa normalmente usa quando está online (do lado direito da janela, opção privacidade).
    Se, por acaso ela estiver offline, aparecerá somente o endereço dela.
    Tomara que eu tenha conseguido explicar, é simples fazer e não falha.

    Curtir

    Responder

  6. Ivy, Julio, Malandro

    Todos estes métodos só mostram que apagou você do MSN. Muitas pessoas bloqueiam e depois apagam, o que resultará no mesmo resultado. Mas para quem só apagou, ou bloqueou e não apagou, o resultado estará errado. É uma questão da interpretação da informação que você tem.

    Curtir

    Responder

  7. Discordo que seja um erro de interpretação, mas de conhecimento pela experiência. Experimente, não quebra nenhum tipo de norma legal.
    Importante frisar que, se o contato não utiliza nick/name, e sim o seu próprio endereço de MSN na apresntação como contato, será impossível saber se ele está online ou offline. Funciona sim, garanto!

    Curtir

    Responder

  8. Ivy

    Fiz o teste usando Windows Live Messenger (do lado do bloqueado) e Gaim (do lado de quem bloqueou).

    Se você apagar o contato, sempre aparecerá somente o endereço de e-mail dele naquela lista, mesmo que o contato esteja online e não tenha te bloqueado.

    Até você apagar o contato, o MSN guardará o nickname do usuário. Isto basicamente significa que o nome completo do usuário aparecerá naquela lista (dando a falsa impressão de que ele está online mesmo se não estiver) até você fechar o MSN após apagar o contato. Quando você fechar o MSN (não a janela, o programa) e ir novamente nas opções, o contato já estará aparecendo somente como endereço de e-mail, estando ele off-line ou não. Em outras palavras, se o cidadão não lhe bloqueou, você ainda verá apenas o endereço de e-mail, pois seu cliente não estará mais buscando o nome de usuário dele.

    Como falei, foi um problema de interpretação do que ocorre. O método que você descreve não pode ser usado para descobrir quem lhe bloqueou no MSN.

    Curtir

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s