O mais novo vírus para os computadores Apple com sistema operacional MacOS X chama-se OSX/Tored-A e dissemina-se por e-mail. Ou, pelo menos, tenta. Ele foi encontrado no final de abril, mas apenas esta semana, com o anúncio da empresa de antivírus Sophos, está ganhando atenção.

O OSX/Tored-A procura endereços de e-mail no computador da vítima e tenta enviar a si mesmo para outros Macs. O código também tem função de keylogger (armazena o que o usuário digitou, para roubar senhas de banco por exemplo) e de ataque DDoS (Distributed Denial of Service, ataque para sobrecarregar um servidor).

O objetivo principal do vírus, segundo seu próprio programador, é criar uma botnet ou rede zumbi. Botnets são redes de computadores manipulados de forma autônoma, sem conhecimento do usuário. No entanto, o código possui vários erros, que o impedem de funcionar corretamente. O iServices.A foi o primeiro vírus para Mac a gerar com sucesso uma rede zumbi.

Devido aos erros de programação, o Tored.A é incapaz de se espalhar de forma satisfatória. Segundo as empresas antivírus Intego e Sophos, a praga não foi encontrada “in the wild”, ou seja, se disseminando naturalmente entre usuários de Macintosh.

Em 2007 o RSPlug, primeiro trojan criminoso para Mac, foi descoberto. Desde então surgiram vários novos vírus para computadores com sistema operacional Mac OS X, entre eles o PokerStealer e outro que explorava uma brecha no OS X para obter acesso administrativo (root) sem necessitar a senha do usuário.

Escrito por lbrito1

1 comentário

  1. Maria Amélia 09/05/2009 às 20:21

    Já se tornou um problema diário a aparição de novos vírus. Assim como os vírus letais para os humanos, os vírus de computador, independente dos programas em que estão sendo rodados, atrapalham e confundem a vida do usuário comum e até de grandes empresas como temos comprovado mediante as informações na mídia. Cada um tenta se proteger como pode, no entanto com o aumento das correspondências eletrônicas e o uso desenfreado da internet, essa proteção acaba sendo não muito precisa. Os sistemas antivírus existentes, parecem não se dar conta que estão sempre um passo atrás dos “ fazedores de vírus”. Acredito que mudanças estão para acontecer no mundo dos vírus de computador e essas poderão causar um impacto positivo na vida dos usuários.

    Curtir

    Responder

Deixe uma resposta para Maria Amélia Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.