Horas antes de publicar documentos secretos da diplomacia norte-americana neste domingo (28), o site Wikileaks já vinha sofrendo ataques cibernéticos que tentam sobrecarregar seus servidores, tornando-os inacessíveis — a chamada negação de serviço distribuída (DDoS).

Um hacker conhecido como The Jester (“bobo da corte”) assumiu a responsabilidade pelos ataques e teria sido preso. No entanto, a conta do hacker no Twitter afirma que a notícia é falsa e que o Jester preso é um impostor querendo ganhar dinheiro com “doações” de pessoas que se opõem ao Wikileaks.

Leia mais

Anúncios

Escrito por Altieres Rohr

Jornalista e tradutor. Editor dos sites Linha Defensiva e Garagem 42 e colunista de Segurança Digital no portal G1 da Rede Globo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s