Dados de mais de 170 mil militares foram divulgados por um grupo hacker que se chamou de “Lulzsec Reborn”. Os dados foram obtidos com a invasão de um site de relacionamento específico e foram lançados na rede no último domingo (25).

O grupo assumiu em seu perfil no Twitter a invasão ao site, o MilitarySingles.com, especializado no encontro de parceiros entre militares.

Os dados roubados foram publicados no site Pastebin, onde se encontra links para o download dos arquivos. Segundo uma mensagem no blog da empresa de segurança Sophos, os dados vazados pelo grupo incluem nomes, emails, senhas e até mesmo endereços dos militares.

Robert Goebel, diretor executivo da ESingles Inc, proprietária do site, falou que programadores estão investigando o caso e melhorando a segurança do portal.

O grupo de hackers Lulzsec anunciou o fim de suas operações em junho de 2011. O “renascimento” do grupo ocorre após um mês conturbado para membros do coletivo, com a prisão de pelo menos cinco integrantes considerados “cabeças” através da colaboração do lider do grupo, o hacker Sabu que manteve o FBI informado por pelo menos seis meses em relação as atividades hacktivistas.

Não se sabe quem são os responsáveis pelo novo grupo e se há ou não alguma relação com os membros originais.

Anúncios

Escrito por engineerbr

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.