Em estilo diferente de fraude, e-mail solicita diretamente dados da vítima. (Foto: Reprodução)

Em estilo diferente de fraude, e-mail solicita diretamente dados da vítima. (Foto: Reprodução)

Um e-mail fraudulento prometendo o recrutamento de novos funcionários para diversas vagas da Petrobrás está circulando na internet. Para participar da suposta seleção, o texto solicita o envio do currículo das vítimas, além de uma cópia da identidade e do CPF — dados que seriam usados pelos criminosos. A mensagem informa um endereço de e-mail sem qualquer vínculo com a estatal.

Para garantir o envio dos documentos, o spam contém uma observação avisando que e-mails sem as cópias do RG e CPF serão “descartados”.

A fim de atrair mais vítimas, os criminosos usam de altos salários – de três a quase vinte mil reais — para quem for “selecionado”. O número de vagas também chama a atenção, levando a crer que as chances de obter o emprego são maiores.

A Petrobrás divulgou uma nota declarando que o e-mail é uma fraude, e informando que as convocações ou pesquisas são feitas por via postal, com aviso de recebimento. Assim como a Petrobrás, a maioria das grandes empresas e bancos evita a comunicação através de e-mail, facilitando a identificação dos golpes por meio do usuário.

O conteúdo desse tipo de mensagem deve ser cuidadosamente considerado e checado junto à empresa antes de dados serem fornecidos por qualquer meio. Não confie em endereços de e-mail, telefones e outras informações que chegam por essas mensagens. Em vez disso, procure essas informações em outras fontes na web para confirmar a veracidade da mensagem de outra forma.

Anúncios

Escrito por Giovane Martins

Licenciado em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Mestrando em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) com bolsa da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Estudante de especialização em Educação, com ênfase em Ensino de Filosofia pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel). Editor adjunto da revista Redescrições. Membro do GT da ANPOF "Semiótica e Pragmatismo" e membro associado da The Richard Rorty Society. Finalista do Prêmio JOTA/Inac de Combate à Corrupção do ano de 2016. Participou da organização do XIV Congresso Internacional da Société Internationale pour l'Étude de la Philosophie Médiévale (SIEPM). Atua nas seguintes linhas de pesquisa: Tolerância no Liberalismo Moderno; Liberdade de Expressão; Pluralismo de Valores; Liberalismo; Socialismo; Social-Democracia; Filosofia Política e Social; Filosofia Moderna.

2 comentários

  1. Mas @globomail é forçado hehe

    Curtir

    Responder

  2. Caramba, esse é novo! :D

    Muita gente deve cair nesse ai…

    Curtir

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.