Diversos arquivos disponíveis através de torrents possuem adwares ou spywares. A maioria deles são distribuídos pela Marketing Metrix Group (que teve o seu site pichado por um grupo brasileiro que critica as ações da empresa).

A rede BitTorrent ganhou popularidade porque seus arquivos são verificados por cada pessoa que faz o download daquele arquivo. Desse modo, quando as pessoas notam que o arquivo está corrompido, danificado ou possui erros, o arquivo geralmente morre ou é apagado pelos administradores do site em que ele está listado.

É importante ressaltar que não existe nenhum spyware no cliente original do BitTorrent. O que existe são arquivos (geralmente filmes ou CDs de música) em formato executável que, antes de serem reproduzidos, instalam o adware no computador do usuário. É possível obter o filme sem instalar o adware utilizando ferramentas como o WinRAR.

O interessante para se notar é que os filmes e CDs distribuídos juntamente com o adware não foram licenciados por nenhuma das empresas que desenvolvem o adware, nem pela Marketing Metrix Group, o que torna o meio de distribuição completamente ilegal. Alguns filmes também eram distribuídos como pornografia infantil, o que é crime e poderá causar problemas para as empresas envolvidas.

O site oficial da Marketing Metrix Group (marketingmetrixgroup.com) está offline desde o dia 18/06 e nenhum dos funcionários ou responsáveis pela empresa foram encontrados para comentar sobre o caso.

Anúncios

Escrito por Altieres Rohr

Jornalista e tradutor. Editor dos sites Linha Defensiva e Garagem 42 e colunista de Segurança Digital no portal G1 da Rede Globo.