Facebook (Foto: Divulgação)

Spammer teria enviado 27 milhões de mensagens na rede social. (Foto: Divulgação)

O spammer Sanford Wallace, de 43 anos, conhecido nos Estados Unidos como “rei do spam”, se entregou às autoridades americanas de Las Vegas na última quinta-feira (4) após ser indiciado por 11 crimes. O acusado teria enviado mais de 27 milhões de mensagens não solicitadas para usuários do Facebook.

O suspeito criou um programa para burlar o sistema anti-spam do Facebook, capaz de roubar diversos dados de contas dos usuários atacados. Para que os dados pudessem ser expostos, o spammer enviava diversas mensagens encorajando os internautas a clicarem no link. Ao clicar, o usuário era redirecionado a uma página falsa de login do Facebook, onde deveria inserir o nome de usuário e a senha. Em seguida, o programa poderia capturar as credenciais, além da lista de contatos da vítima, que mais tarde também viraria alvo de ataques.

A técnica, já bastante comum, é chamada de phishing, e depende apenas da ingenuidade das vítimas para ter êxito. Segundo procuradores federais norte-americanos, mais de 500 mil usuários foram atingidos entre novembro de 2008 e março de 2009.

“Nós aplaudimos os esforços da Procuradoria dos Estados Unidos e do FBI para trazer spammers à justiça. Agora Wallace também enfrenta pena de prisão grave para esta conduta ilegal. Continuaremos a buscar e apoiar conseqüências civis e criminais para spammers ou outros que tentarem prejudicar o Facebook ou as pessoas que usam os nossos serviços”, disse o Facebook em um comunicado.

Segundo processo

Wallace está passando pelo seu primeiro processo criminal, embora já tenha sido processado pelo Facebook em 2009. Na ocasião, ele foi proibido de acessar a rede social, além de ser condenado a pagar uma multa de US$ 711 milhões.

O suspeito está sendo submetido a 11 acusações, que vão desde fraude até desacato à autoridade por não ter respeitado a ordem judicial de não poder mais acessar o Facebook. Segundo as investigações, Wallace acessou sua nova conta durante um vôo para Nova York, em abril de 2009. Ele já havia criado um novo perfil com o nome de usuário David Fredericks.

O spammer foi liberado após pagar uma fiança de US$ 100 mil. Sua próxima audiência está marcada para o dia 22 de agosto, na Califórnia. Se for condenado, sua pena pode chegar a 16 anos de prisão.

Mais uma vez, Wallace foi proibido de acessar o Facebook.

Anúncios

Escrito por Giovane Martins

Licenciado em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Mestrando em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) com bolsa da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Estudante de especialização em Educação, com ênfase em Ensino de Filosofia pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel). Editor adjunto da revista Redescrições. Membro do GT da ANPOF "Semiótica e Pragmatismo" e membro associado da The Richard Rorty Society. Finalista do Prêmio JOTA/Inac de Combate à Corrupção do ano de 2016. Participou da organização do XIV Congresso Internacional da Société Internationale pour l'Étude de la Philosophie Médiévale (SIEPM). Atua nas seguintes linhas de pesquisa: Tolerância no Liberalismo Moderno; Liberdade de Expressão; Pluralismo de Valores; Liberalismo; Socialismo; Social-Democracia; Filosofia Política e Social; Filosofia Moderna.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.