Anúncio do Facebook leva para promoção falsa. (Foto: Reprodução)

O sistema de anúncios do Facebook está sendo utilizado por criminosos brasileiros para a disseminação de sites fraudulentos. Os anúncios são espalhados utilizando-se de nomes de empresas conhecidas. Ao clicar na propaganda, o usuário pode ser redirecionado para sites maliciosos, visando o roubo de dados.

Os golpes

Um dos golpes reportados à Linha Defensiva tenta se passar por um anúncio da Cielo e do apresentador Rodrigo Faro, oferecendo prêmios instantâneos ou em dinheiro. Para que seja possível concorrer aos supostos prêmios, é necessário realizar um cadastro, em que é preciso inserir informações importantes, como o CPF e informações referentes ao cartão de crédito.

A página já foi reportada pela Linha Defensiva, e está atualmente fora do ar.

Outra fraude usando as propagandas tenta se passar por um anúncio do Groupon – sistema de compras coletivas que publica promoções diárias. O golpe promete a venda de um iPhone 4S da Apple por R$ 440,00. Na loja oficial da Apple Brasil, o aparelho não é vendido por menos R$ 1.999 – quatro vezes o valor “promocional”.

Anúncio de iPhone por R$ 440 no Facebook. (Foto: Reprodução)

Para “realizar a compra”, o site também solicita as informações referentes ao cartão de crédito da vítima. O layout da página é idêntico ao do site legítimo, o que pode causar um número maior de vítimas.

Na confirmação da compra, usuário precisa informar dados pessoais, que são roubados pelos criminosos. (Foto: Reprodução)

Em ambos os casos, ao inserir os dados, o internauta tem as informações roubadas, sendo posteriormente utilizadas para transações ou compras sem o consentimento da vítima.

Fácil disseminação

A disseminação da fraude pode ser facilitada pelo baixo preço exigido para exibir anúncios na rede social –R$50,00 por dia.

A partir de R$ 50, criminoso coloca anúncio no Facebook. (Foto: Reprodução)

Questionado sobre o procedimento de verificação dos anúncios, o Facebook não respondeu a pergunta.

A rede social apenas afirmou que “o Facebook não permite publicidade fraudulenta e isto está escrito em seus Termos de Uso” e disse que já publicou um guia informando aos usuários o procedimento para denunciar um anúncio falso.

Anúncios

Escrito por Giovane Martins

Licenciado em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Mestrando em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) com bolsa da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Estudante de especialização em Educação, com ênfase em Ensino de Filosofia pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel). Editor adjunto da revista Redescrições. Membro do GT da ANPOF "Semiótica e Pragmatismo" e membro associado da The Richard Rorty Society. Finalista do Prêmio JOTA/Inac de Combate à Corrupção do ano de 2016. Participou da organização do XIV Congresso Internacional da Société Internationale pour l'Étude de la Philosophie Médiévale (SIEPM). Atua nas seguintes linhas de pesquisa: Tolerância no Liberalismo Moderno; Liberdade de Expressão; Pluralismo de Valores; Liberalismo; Socialismo; Social-Democracia; Filosofia Política e Social; Filosofia Moderna.

8 comentários

  1. Brasileiros: Como sempre avacalhando.

    Curtir

    Responder

  2. brasileiro como sempre fazendo sacanagem, oh paízinho sem vergonha!

    Curtir

    Responder

  3. Carolinavillacreces 31/07/2012 às 13:48

    Precisamos entrevistar um personagem que já teve problemas ao acessar
    um anúncio postado nas redes sociais Facebook, Twitter, etc e que esta
    pessoa tenha percebido que o anúncio era falso, travou o computador,
    teve problemas na senha, vírus, etc.

    É para gravarmos amanhã, quarta-feira, dia 01/08, no período da tarde. vamos até o local: trabalho, residência, etc.

    Muito obrigada pela ajuda.

    Segue meus contatos: carolinavillacreces@gmail.com
     

    Curtir

    Responder

  4. Bruno Henrique Michelin 02/09/2012 às 14:40

    o meu email do bol eu recebo vários informes publicitários do PANK (nome da empresa) tem o smartphone 3s o galaxy s3 por 200 reais e aparece 50%  de desconto se o celular ta custando mais de 1000 reais

    Curtir

    Responder

  5. Eu cai em um golpe de iphone 4s de de mile poucos reias por quatrocentos e quarenta e poucos reais!!Era uma página de anúncio do facebook, mostrando alguns amigos seus do facebook, que já compraram o produto anúnciado!!Aí o tal site se dizia ser do groupon(Após um tempo depois descobri que  há um site se passando pelo groupon!Mas escrito GROUPOM, com M de Maria no final!!), um site falso!!Clicando no anúncio abriu-se uma tela  pedindo endereço telefonico, cpf, numero do cartão para compras, nº de vezes a ser parceladas no cartão que poderia ser feito em até 12x pelo preço a vista!!E ao finalizar a inserção de dados!!Abria-se uma tela dizendo que  a compra  não teve exito que era para entrar em contato com administradora do cartão ou tentar com outro cartão!!E tentei com outro cartão e nunca dava certo!!Até uma surpresa um dos meus cartões envia sms disparados da operadora de cartão  de crédito informando o valor de compra aprovada no valor de 199,00 e depois vem outro sms falando que não foi aprovada a compra com o mesmo valor!!Consultei a operadora e constava que foi debitado do meu limite disponivel para compras do cartão!!Solicitei que cancela-se a compra porque não fui eu que fiz!!Cancelaram!!Depois mais uma surpresa fui verificar outro dos cartões que tentei fazer a compra!!Duas compras de 299,00 e duas de 199,00!!Feitas pelo pag seguro de são paulo!!Fui mais uma vítima!!!!

    Curtir

    Responder

  6. Uma pergunta…

    Esses sites de Phishing, ofereciam conexão “HTTPS” ou comum?

    Pois, umas das características para o internauta identificar se seus dados são enviados de forma segura pela internet é a percepção do “HTTPS” no início da URL da página.

    Curtir

    Responder

  7. algum advogado ou conhecedor das leis sabe sobre a responsabilidade do groupon nos casos de sites fraudulentos que utilizam seu nome?

    Curtir

    Responder

    1. Sim, entre no procom da sua cidade e em seguida entre com um ação reparação danos materiais e morais. Demora mas ganhará com certeza!

      Curtir

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.