Por Fabio Assolini

Os sites da Aliança dos Profissionais de Análise de Segurança (ASAP), rede voltada a ajudar o usuário final na remoção de malwares, estão inacessíveis nos computadores infectados pela praga digital TDSS. Entre os sites bloqueados está a Linha Defensiva, que participa da Aliança desde 2005.

O código malicioso é um rootkit e busca se esconder de softwares de segurança e do usuário utilizando técnicas avançadas de programação. Essa infecção era mais comum em países de língua inglesa, porém o número de computadores brasileiros infectados com ele tem crescido, com vários casos registrados no Fórum Linha Defensiva. O nome TDSS deriva das iniciais dos arquivos criados pela infecção.

As primeiras versões da praga impediam o acesso apenas aos sites de segurança mais conhecidos como o Bleeping Computer, Geeks to Go, e até ao CastleCops, cujas atividades foram encerradas no dia 23. No entanto, uma análise realizada pelo ARIS-LD, em uma versão mais nova do código malicioso, mostrou que esse bloqueio foi estendido a todos os sites membros da ASAP, inclusive à Linha Defensiva.

Além de bloquear o acesso, o TDSS também não permite o download das ferramentas usadas para removê-lo, como o Malwarebytes Antimalware e o Avenger.

Sinais de infecção

Para saber se um computador está infectado, um sintoma claro é a impossibilidade de acessar sites da ASAP e os outros citados nesta reportagem.

Uma das maneiras de contornar esse bloqueio é o uso de web proxys — serviços de redirecionamento oferecidos gratuitamente. Com isso será possível buscar ajuda para removê-lo. Uma lista de serviços desse tipo está disponível no endereço Privax.us.

Outro sinal de que o PC está infectado é a criação de arquivos com as iniciais “TDSS” na pasta System32. A praga possui muitas variantes, porém sempre irá criar arquivos com essas iniciais.

Remoção

Não é possível dar instruções gerais que servirão para todos os casos, porém é possível dar início ao processo de remoção e reativar o acesso aos sites bloqueados, que, como a Linha Defensiva, prestam auxílio gratuito às vítimas.

Para desativar o TDSS temporariamente, clique com o botão direito do mouse sobre o ícone Meu computador, escolha Propriedades. Em seguida, navegue a até a guia Hardware e clique no botão Gerenciador de Dispositivos.

Na caixa que abrir, vá até o menu Exibir e marque a opção Exibir Drivers Ocultos. Na lista que aparece será possível ver o driver do TDSS:

Fabio Assolini/LD

Desativar o driver de sistema TDSSserv.sys, instalado pelo TDSS, desbloqueia o acesso aos sites que poderão auxiliar o internauta a remover a praga

Clique com o botão direito do mouse sobre o driver e escolha Desativar. Após essa etapa, acesse a página com instruções para remoção de malware e siga o passo-a-passo. Crie seu log e poste-o para análise no Fórum Linha Defensiva. Depois, basta aguardar atendimento.

Anúncios

Escrito por Redação Linha Defensiva

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s