Mande os afiliados

Para fazer com que os seus programas cheguem ao maior número de pessoas possível, as empresas de adware possuem os chamados esquemas de afiliados. Quando o adware é distribuído através de um afiliado, aquele afiliado recebe uma certa quantia em dinheiro.

Isso gerou diversos problemas, pois muitos afiliados começaram a utilizar falhas nos navegadores para instalarem o adware e assim ganhar dinheiro. Para piorar, as companhias responsáveis pelo adware se faziam de cegas aos problemas gerados por esses afiliados.

Quando alguém encontra um site e prova que o mesmo instala um adware de forma ilegal, as companhias responsáveis simplesmente dizem que a culpa é do afiliado e que o mesmo afiliado foi banido do sistema. O descuido e despreocupação mostrada pelas empresas de adware é o que muitos acham inaceitável.

Diversas empresas que distribuem os adwares e ganham má fama devido aos seus esquemas de afiliados tentam legalizar suas ações e limpar sua imagem, obtendo selos de privacidade e outras certificações de “qualidade” que, na verdade, não significam nada.

Propaganda enganosa

Outros distribuidores tentam anunciar seu software como sendo uma coisa que ele não é. Muitas barras de ferramentas do Internet Explorer, por exemplo, são anunciadas como sendo “novos emoticons” e “papéis de parede” para o computador. Outros prometem novos cursores para o mouse.

Alguns programas até cumprem o prometido, mas instalam softwares adicionais, muitos deles spywares. Essas propagandas, muitas vezes, atraem a atenção de crianças e adolescentes que não possuem direito legal de assinarem contratos, tornando o EULA recebido com o programa inválido e colocando a empresa distribuidora do spyware/adware em um campo ilegal.

Todos esses problemas, métodos ruins de instalação e contratos confusos são utilizados por diversas empresas. Na próxima página, veremos uma lista das empresas que distribuem adware.

Escrito por Altieres Rohr

Editor da Linha Defensiva.